O uso dos óleos essenciais durante a gravidez

Os óleos essenciais nos conectam com o poder de cura das plantas, trazem aconchego e tranquilidade e para muitos de nós, é parte integral para sentir-se bem todos os dias. A aromaterapia propicia uma sensação de alegria e bem-estar em gestantes e ajuda a aliviar alguns dos desconfortos da gravidez.

Nesse artigo você vai encontrar uma lista com os óleos essenciais seguros para serem usados durante a gravidez e óleos essenciais que devem ser evitados neste período. Além disso, você também vai encontrar dicas e orientações de segurança de como utilizar os óleos essenciais, mantendo você e o seu bebê seguros.

 

CONVERSE COM PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS

É muito importante que se tenha um acompanhamento de profissionais especializados no período da gestação. 

Existem muitas informações sobre o que se pode ou não comer, beber, que tipo de exercício pode praticar, o que pode usar na pele enquanto grávida, etc. Somente profissionais especializados são capacitados para orientar de forma segura as futuras mamães sobre o que deve-se evitar neste período. 

Devido aos efeitos colaterais negativos da farmacologia convencional, a aromaterapia pode ser uma alternativa bastante eficaz durante a gestação. Os óleos essenciais usados durante a gestação tem a capacidade de penetrar na placenta e entrar na corrente sanguínea do bebê. Por esse motivo, é recomendado a ajuda de um profissional com certificação em Aromaterapia, para indicar quais óleos essenciais são mais indicados para beneficiar você e seu bebê.

 

LEIA OS RÓTULOS

Esse é o momento de ler com atenção todos os rótulos. Prestar atenção na composição dos produtos e especialmente nas precauções de cada um. 

As informações contidas nos rótulos omniverso são exigidas pela ANVISA e são importantes para que você tome decisões informadas para a sua saúde e da sua família. Se você não tiver certeza e para ter mais tranquilidade, leve qualquer produto (incluindo os da Omniverso) para o seu médico antes de usá-lo. 

Óleos essenciais são poderosos e ter acesso aos seus benefícios enquanto grávida é indicado, desde que usado com a permissão de seu médico. 

 

ÓLEOS ESSENCIAIS QUE PODEM SER USADOS DURANTE A GRAVIDEZ

Bergamota (Citrus bergamia)

Camomila-romana (Anthemis nobílis)

Cardamomo (Eletteria cardamomum)

Coentro (Coriandrum sativum)

Gengibre (Zingiber officinale)

Gerânio (Pelargonium graveolens)

Grapefruit (Citrus paradisi)

Hortelã-verde (Mentha spicata)

Laranja-doce (Citrus sinensis)

Limão (Citrus Limon)

Malaleuca (Malaleuca alternifolia)

Manjerona (Origanum manjerona)

Tangerina (Citrus reticulata)

Manuka (Leptospermum scoparium)

Murta (Myrtus communis)

Neróli (Citrus aurantium)

Olíbano (Boswellia carterii)

Patchouli (Pogostemon cablin)

Pimenta-preta (Peper nigrum)

Petigrain (Citrus aurantium)

Sândalo (Santalum album) 

Vetiver (Vetiveria zizanioides, Andropogon muricatus)

 

ÓLEOS ESSENCIAIS RECOMENDADOS SOMENTE A PARTIR DO 40 MÊS DE GESTAÇÃO

Angélica (Angelica archangelica, Angelica officinalis)

Camomila-vulgar (Matricaria chamomilla, Matricaria recutita)

Lavanda (Lavandula angustifolia)

Jasmin (Jasminum grandiflorum, Jasminum officinale)

Rosas (Rosa centifolia, Rosa damascena, Rosa gallica)

 

ÓLEOS ESSENCIAIS CONTRA-INDICADOS DURANTE A GRAVIDEZ

Alecrim (Rosmarinus officinalis, Rosmarinus coronarium)

Cedro-do-atlas (Cedrus atlantica)

Cistus (Cistus landaniferus)

Erva-doce (Foeniculum vulgare, Foeniculum officinale, Anethum foeniculum)

Esclaréia (Salvia sclarea)

Hissopo (Hyssopus oficinalis var. decumbens)

Hortelã-pimenta (Mentha piperita)

Junípero (Juniperus communis)

Junípero-virginiano (Juniperus virginiana)

Manjericão (Ocimum basilicum)

Manjericão-sagrado (Ocimum sanctum)

Mirra (Commiphora myrrha)

Noz-moscada (Myristica fragrans, Myristica officinalis,  Myristica aromática, Myristica amboinensis)

Tomilho (Thymus vulgaris)

Verbena (Lippia citriodora, Verbena triphylla, Aloysia triphylla)

 

DICAS PARA GESTANTES

  • DORES NAS COSTAS 

A massagem aromaterapêutica, especialmente na parte inferior das costas, traz  conforto e alivia a dor e tensão das mulheres grávidas. Para isso, adicione 2 gotas de óleo essencial de sândalo  e 1 gotas de óleo essencial de olíbano em 20 ml de óleo de amêndoas doce. Aplique pequenas quantidades da mistura na região da dor e massageie para que ocorra a penetração do composto.

  • INCHAÇO

Pés e tornozelos cansados e levemente inchados são uma queixa comum das grávidas. Para aliviar esses sintomas, experimente relaxar através de um escalda pés utilizando água fria. Em uma bacia com água fria, adicione 1 gota dos seguintes óleos essenciais: limão, coentro, lavanda e pimenta-preta. Coloque algumas pedras roladas no fundo e massageie a planta dos pés sobre as pedras. O resultado é surpreendente!

  • ESTRIAS 

Para reduzir estrias durante a gravidez, recomenda-se misturar 30ml de óleo de semente de amêndoas doce com 2 gotas de óleo essencial de gerânio, 4 gotas de óleo essencial de tangerina e 2 gotas de óleo essencial de sândalo e massagear diretamente no abdômen, uma vez por semana.   

  • NÁUSEAS E ENJOOS

Os enjoos matinais melhoram com chás de ervas como gengibre, hortelã-pimenta e camomila. Cheirar óleo essencial de gengibre do frasco ou de um lenço pode ajudar. 

 

É importante ressaltar novamente que as informações contidas nesse artigo são apenas um guia. Fazer uso de óleos essenciais durante a gestação é benéfico, mas deve ser recomendado por um aromaterapeuta e liberado pelo seu médico. A Omniverso deseja a você e seu bebê o melhor nesse novo capítulo de sua vida!

 

 

Referências:

1. Modern Essentials – Aroma Tools

2. The Complete Book of Essential Oils and Aromatherapy – Valerie Ann Worwood

3. Bíblia da Aromaterapia – Gill Farrer-Halls 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • /portalomniverso
  • @portalomniverso
  • (21) 98353 2080
  • contato@portalomniverso.com.br

© omniverso®. Todos os direitos reservados.